O Congresso Brasileiro de Vida Silvestre nasce com a ideia de realizar interações, através de tecnologias disponíveis, com discussões sobre a vida silvestre de forma compacta, propositiva e democrática. A proposta é do evento técnico-científico que reunirá comunidade acadêmica, técnicos, integrantes de organizações não-governamentais que atuam ou têm interesse na temática da vida silvestre. Todos os trabalhos abordam espécie(s) com ênfase nas relações com o ambiente e associação com o ser humano e a sociedade.





.

Taxas

1º lote: Estudantes R$ 140,00 – Profissionais R$ 240,00 – Encerrado em 20/05/2019

2º lote: Estudantes R$ 240,00 – Profissionais R$ 340,00 INSCRIÇÕES ABERTAS!

3º lote: Estudantes R$ 340,00 – Profissionais R$ 440,00

Professores de ensino básico e Estudantes recém formados têm desconto especial, mediante comprovação; as vagas por lote são limitadas.

Conheça o Programa

Participam do

Congresso em 2019

O maior mamífero silvestre terrestre

Pró-Tapir– Monitoramento e Proteção das Antas da Mata Atlântica Capixaba traz as diferentes ferramentas, métodos e abordagens para estudos, delineamento amostral e logística de campo no Minicurso Técnicas para estudos em campo com mamíferos de médio e grande porte terrestres.

Ecologia de Estradas

Via FAUNA – As rodovias com benefícios importantes para a sociedade, pois permitem o transporte de pessoas e produtos. No entanto, atualmente, acredita-se que a construção de novas rodovias tenha permitido a expansão da malha viária até as áreas naturais remanescentes, muitas vezes resultando na disjunção das relações ecológicas nos ecossistemas que elas cortam.

Ecoturismo com onças-pintadas

Onçafari foi criado para promover a conservação do meio ambiente e contribuir com o desenvolvimento socioeconômico das regiões em que está inserida por meio do ecoturismo e de estudos científicos. Hoje, trabalha pela preservação da biodiversidade em diversos biomas brasileiros, com ênfase em onças-pintadas e lobos-guarás, em diferentes frentes: Ecoturismo, Ciência, Reintrodução, Florestas, Social e Educação.

Interação planta-animal

Frutos Atrativos do Cerrado – Animais que se alimentam de frutos realizam dispersão de sementes e sustentam os ciclos de regeneração natural de grande parte das espécies florestais do mundo. Para o Cerrado brasileiro, cerca de 70% das espécies arbóreas produz frutos carnosos que são consumidos pela fauna e quase 50% das aves e mamíferos do bioma se alimenta de frutos. Dessa forma, a biodiversidade em biomas como o Cerrado depende da conservação e também da restauração dos processos ecológicos de dispersão de sementes e interações planta-animal. O bioma Cerrado é formado por três formações principais: florestas, savanas e campos.

Peixe-boi

Fundação Mamíferos Aquáticos – Uma das ações prioritárias do PAN Sirênios é a reintrodução e o monitoramento dos peixes-bois marinhos reabilitados. A partir destes esforços, alguns espécimes voltaram a utilizar áreas de ocorrência histórica e reconectar subpopulações isoladas. Para o atendimento desta iniciativa, após o processo de reabilitação de filhotes resgatados, seguindo critérios definidos no Protocolo de Reintrodução dos Peixes-Bois Marinhos, os animais selecionados são transferidos para cativeiro em ambiente natural, por alguns meses com acompanhamento clínico. Quando definido pelo médico veterinário aptidão à soltura, comprovados por exames clínicos, o animal recebe um transmissor satelital acoplando com um módulo VHF, para informações de localização geográfica e monitoramento em campo.

Conservação e manejo em zoológicos

Zoo Brasília – Os zoológicos existem há 3.500 anos e estão entre as criações mais antigas da humanidade. Concebidos inicialmente como meras exposições de animais para atrair e entreter o público, estas instituições passaram por mudanças em suas concepções e tornaram-se dedicadas não só a qualidade de vida e bem-estar dos indivíduos que abrigam, mas também à conservação das suas espécies. Esse minicurso tem como objetivo transmitir as noções básicas de manejo populacional em zoos, elaboração e ambientação de recintos e ferramentas de bem-estar positivo para animais selvagens sob cuidados humanos.

Perícia em Animais Selvagens

CEVAS – Centro Voluntário de Reabilitação de Animais Selvagens – traz palestra que fornecerá uma ampla visão sobre a perícia relacionada a animais silvestres de vida livre e em cativeiro, mostrando os aspectos que devem ser avaliados pelo perito, considerando o meio ambiente, as peculiaridades físicas e psicológicas da espécie examinada, sempre levando em conta o conceito das cinco liberdades.

Programação na Ciência da Vida

LNCC/MCTIC – os conceitos mais fundamentais sobre lógica de programação, demonstrando a utilidade do domínio deste ferramental para a inovação e otimização dos trabalhos que possam estar envolvidos em projetos de conservação da biodiversidade. Ao longo do curso os alunos terão a oportunidade de aplicar os conceitos a pequenos projetos-modelo.

Marketing na conservação

GreenBond – As estratégias de marketing sempre foram renegadas por muitos projetos de conservação, porém, tem ganhado cada vez mais força e apoio científico na Sociedade e na disciplina de Conservação com o objetivo de promover a conscientização. Destinado a pessoas que tenham interesse em se aventurar na captação e apaixonados por comunicar a conservação, este grupo de trabalho irá apresentar as principais maneiras de se comunicar e ser ouvido em uma sociedade tão competitiva por atenção.

Unidades de Conservação

Rede Pró UC – A palestra abordará o impacto que nossa espécie vem causando no planeta nos últimos séculos e que nos fez chegar ao ponto em que estamos hoje, bem como o que podemos fazer para minimizar esse impacto de forma manter a alguma representatividade da biodiversidade e garantir nossa sobrevivência.

Desenhos da Biodiversidade

Artdanilo – Neste minicurso os alunos vão aprender arte utilizando a natureza como referência. Aprender a valorizar a natureza enquanto descobrem os processos da criação do desenho, como formas, contraste, luz e sombra e saturação.

Corais e Biologia Marinha

Instituto Coral Vivo – O Instituto Coral Vivo traz palestra sobre a história do Projeto e a sua atuação na conservação da vida silvestre marinha.

Programa Geral

Pode haver alteração nas atividades do Evento

02/09

Abertura, Palestras, Fóruns e Painéis

Credenciamento Abertura

Painel Vida Silvestre Sessão DOC / SILVESTRES

Palestra Refúgios do antropoceno: que futuro deixaremos para o planeta? – Angela Kuczach – Rede Pró UC

Palestra História do Projeto Coral Vivo e a sua atuação na conservação marinha – Palestrante a confirmar – Instituto Coral Vivo

Palestra Atropelamento de animais em rodovias e as implicações para a Conservação da Biodiversidade, Segurança Humana e Economia – Fernanda Abra – ViaFAUNA

Palestra - a confirmar

Palestra Conservando onças-pintadas e lobos-guará através do ecoturismo – Gustavo de Carvalho Figueiroa Onçafari

Painel Vida Silvestre Sessão EDUCAÇÃO / COMUNIDADE

Palestra Antas, ecossistema e sociedade: como essa aliança pode influenciar o futuro? – Andressa Gatti – Pró-tapir

Palestra Reintrodução de peixes-bois marinhos no Brasil – João Carlos Gomes Borges Fundação Mamíferos Aquáticos

Palestra a confirmar

Atividade Cultural

03/09

Minicursos (MC), Mentorias (ME) e Grupos (GT)

MC Necropsia em Animais SelvagensElisangela Sobreira – CEVAS

MC Ecologia de EstradasFernanda Abra – ViaFAUNA

MC Desenhando a NaturezaDanilo dos Santos – ArtDanilo

MC Conservação e manejo em zoológicosIgor Oliveira Braga de Morais e Thiago Marques de Lima – Zoo Brasília

MC Técnicas para estudos em campo com mamíferos de médio e grande porte terrestresAndressa Gatti – Pró-tapir

MC Resgate, reabilitação e reintrodução de peixes-bois marinhosJoão Carlos Gomes Borges – Fundação Mamíferos Aquáticos

MC Viveiro FlorestalA definir – SOS Mata Atlântica

MC Introdução à lógica de programação para as ciências da conservação Pedro Siracusa – LNCC/MCTIC

MC – Entomologia Forense no Brasil: Espécies endêmicas e espécies exóticas de importância forense – Luiz Lira Junior - Universidade de Brasília

MC – Conservação de Felídeos NeotropicaisGabriella Terra – Nex

MC – Ultrassonografia de silvestres Aline Ramos Marques Marangon – Universidade de Brasília

ME Marketing na conservação: uma estratégia para a captação de recursos Diego Rugno Arruda – GreenBond


Atividade Cultural

04/09

Simpósios e Cerimônias

Simpósio Medicina da Conservação

Perícia em Animais SelvagensElisangela Sobreira CEVAS

Reintrodução de peixes-bois marinhos no BrasilJoão Carlos Gomes Borges – Fundação Mamíferos Aquáticos


Simpósio Vida Silvestre

O bicho comeu! Frutos do Cerrado Atrativos para FaunaMarcelo Kuhlmann


Simpósio Biodiversidade e Tecnologia

Palestra Instituto Baleia Jubarte Instituto Baleia Jubarte


Cerimônias

Fotografia Vida Silvestre

Prêmio Vida Silvestre 2019

Confraternização Vida Silvestre

Saiba mais sobre as atividades e participe!

Duração - 4h

Duração - 2h

Duração - 2h






Envie resumos!

Estão abertas as submissões de resumos para o Congresso, divididas nas áreas a seguir:

DOC – Documentários através de registros fotográficos, levantamentos, inventários, listas de ocorrência e taxonomia;

EDUCAÇÃO – Atividades de educação ambiental e etnobiologia;

SILVESTRES – Resultados de projetos com ênfase às ligações entre espécies silvestres, interligando 'espécie-ecossistema-sociedade';

COMUNIDADE – Trabalhos de pessoas comuns da sociedade, empreendedores, indígenas, povos tradicionais com ênfase para a vida silvestre;

CLIQUE AQUI PARA TER ACESSO ÀS REGRAS COMPLETAS

– Para realizar envio de resumo é necessário ter realizado a inscrição no Congresso.

– Prazo para envio dos resumos: 30/06/2019;

– Ao menos um dos autores dos resumos deve estar inscrito no Congresso;

– Cada inscrição dará direito à submissão de até 2 (dois) resumos;

– São aceitos apenas resumos de trabalhos originais, não publicados, em português;

– Autores poderão apresentar na forma de painel e na forma de palestra, mediante seleção da Comissão Técnica do Congresso;

– A qualidade ortográfica do texto é de responsabilidade do(s) autor(es) e será considerada como um dos critérios de avaliação pela Comissão Técnica.




Envie fotografias!

Fotografia Vida Silvestre

Concurso aberto a todas as pessoas que estiverem com inscrição realizada no Congresso e que queiram compartilhar fotografias sobre a vida silvestre do Brasil. Os registros fotográficos sobre a biodiversidade silvestre compõem uma das mais populares áreas dessa arte em todo o mundo. Além de ser um documento sobre as belezas naturais, a fotografia de vida silvestre proporciona a contemplação de espécies e fenômenos da natureza pelas pessoas.

Para acessar o regulamento clique aqui.

Faça a sua inscrição no Congresso e participe!

Localização do Congresso

Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS

Dentre as metas da agenda mundial, o Congresso se alinha principalmente com as seguintes: Objetivo 3Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades Objetivo 4 Assegurar a educação inclusiva e equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos Objetivo 6 Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todas e todos Objetivo 11 Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis Objetivo 13 Tomar medidas urgentes para combater a mudança do clima e seus impactos Objetivo 14 Conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável Objetivo 15Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda de biodiversidade.

Vida Silvestre Expo

é um espaço organizado durante o Congresso com produtos que colaboram para projetos conservacionistas e renda revertida para esses trabalhos, além de materiais educacionais e brindes.

Conheça quem vai participar aqui!

Quer expor? Entre em contato!

Faça a sua Inscrição!

#VidaSilvestre2019

Congresso Brasileiro de Vida Silvestre

A vida silvestre é fundamental para os aspectos que caracterizam a biosfera do Planeta. Seja no percurso evolutivo ou nos variados processos modernos que favorecem a existência humana e seus respectivos progressos na atualidade, os seres vivos estão no cerne. O futuro da sociedade humana precisa dessas bases biológicas para seguir prosperando e se desenvolvendo.

Contudo, a exploração da natureza produziu grande desconstrução dos processos de manutenção e equilíbrio da biosfera, e gerou pressões cada vez maiores para recursos naturais, cada vez mais escassos, áreas de vida da biodiversidade e mesmo sobre oceanos e atmosfera. Mesmo com todos os avanços alcançados para conservação natural, muitas espécies e ecossistemas estão sob ameaça de desaparecer. Isso inclui vegetais desconhecidos com potencial uso na saúde humana, espécies que atuam diretamente na polinização de cultivares de interesse que permitem a alimentação da humanidade, seres vivos capazes de atuar na biorremediação, além dos que são bioindicadores e as reservas naturais que desempenham importantes serviços ecossistêmicos e culturais.

Mesmo diante de muitos indicativos que apontam para cenários pouco positivos, a conservação da natureza é um caminho seguro para o desenvolvimento e para atenuar muitos desses problemas. Os estudos com foco na vida silvestre, de forma integrada e propositiva, podem trazer respostas e sinais para melhores práticas, aliando atividades humanas à manutenção da vida. Dessa forma, a biodiversidade é solução para as atividades humanas e para o mundo.


COMISSÃO ORGANIZADORA – Presidência Helga Wiederhecker, Direção de Campo Morgana Bruno, Direção de Conhecimento Edilaine Fernandes, Direção de Desenvolvimento Rodrigo Viana, Direção de Recursos Chesterton Ulysses, Direção de Relacionamento Pamella Cabral. Comissão Técnica – André Guaraldo, Andressa Gatti, Bárbara Fonseca, Elisângela Sobreira, Luciana Galvão, Luciano Cemin, Luiz Lira Junior, Morgana Bruno.


Organização

Apoio

Congresso Brasileiro de Vida Silvestre - Vida Silvestre Conectada - Brasília-DF - 2 a 4 de Setembro de 2019